Hydro
DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow

Programação reforça compromisso no combate ao bullying e cyberbullying nas escolas

O evento realizado no Colégio IEPAM incluiu a utilização de música e poesia como ferramentas de conscientização e harmonia.

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, alunos do 6° ano à 3ª série do ensino médio, do Colégio IEPAM, em Barcarena, participaram do evento de “Conscientização de Combate ao Bullying e Ciberbullying”, realizado na última quinta-feira, 27. A professora e psicóloga da Educação Socioemocional da instituição educacional privada, Josiane Rocha, destaca que a programação vem propor, que o estudante seja o agente de transformação pela cultura da paz. 

“É preciso saber o que é o bullying, discutir a violência e sobretudo construir um ambiente escolar de aprendizado e respeito, escolhendo o lado certo no enfrentamento ao bullying”, afirmou.

UM PANORAMA PREOCUPANTE

O cenário do bullying tem se tornado cada vez mais alarmante nas escolas brasileiras, refletindo uma variedade de violências físicas, emocionais e psicológicas que geram sofrimento e fragilidade. Muitas vezes, essa prática é erroneamente tratada como brincadeira, ignorando os danos profundos que podem causar tanto fisicamente quanto psicologicamente às vítimas. O termo “bullying”, traduzido como “bulir” ou “tocar”, engloba formas de ridicularização, agressão verbal ou física e apelidos humilhantes, geralmente perpetrados com o objetivo de intimidar.

As consequências do bullying são vastas e impactantes para as vítimas, incluindo problemas de aprendizagem, depressão, transtornos de ansiedade e até pensamentos suicidas. Segundo o IBGE, os casos de bullying nas escolas brasileiras aumentaram de 5% para 7%, e cerca de 20,8% dos estudantes admitiram ter praticado algum tipo de bullying contra colegas. A seriedade do tema é tal que a Justiça brasileira enquadra o bullying em infrações previstas no Código Penal, como injúria, difamação e lesão corporal.

LEGISLAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO

A legislação tem avançado para lidar com o problema, como evidenciado pela Lei n.º 14.811/2024, que inclui os delitos de bullying e cyberbullying no Código Penal. O Dia Nacional de Combate ao Bullying, instituído pela Lei nº13.277/2016, marca um importante momento de reflexão e ação. E isso é apenas um passo nessa batalha. Há muito ainda a ser feito na intenção da eliminação da prática do bullying, mas isso está diretamente condicionado à postura e atitude de cada um de nós para trazer a conscientização, conforme destacado durante o evento no Colégio IEPAM, que incluiu a utilização da música e poesia como ferramentas de conscientização e harmonia.

Músicas como “Daqui só se leva o amor” do Jota Quest e “Sonho” do Atitude 67 foram reproduzidas, demonstrando a capacidade da arte de influenciar positivamente o ambiente escolar, fomentando empatia, solidariedade e amizade. As palavras de um adolescente participante resumiram a essência do combate ao bullying: “Não faça bullying! Faça amigos”.

Hydro

Compartilhe:

Governo do Estado 1
Hydro
New Fortress
Governo do Estado 2
ASF
Dm Benefícios
Governo do Estado 3
Búfalo Brasil
DM Benefícios
Murucupi
previous arrow
next arrow

11 respostas

  1. Esse é um dos projetos que precisavam de bastante ações e iniciativas para salvar a vida dos jovens. Não só da depressão ou da ansiedade, mas também livrá-los de um suicídio ou até mesmo evitar que cresçam sem autoestima. Parabéns grupo IEPAM e Psicológica Josiane Rocha pela iniciativa. Vocês estão fazendo a diferença.

  2. Nossa, que projeto lindo. TODAS AS ESCOLAS deveriam ter, pois o Bullying está muito presente nas escolas e internet, pessoas não aceitam as outras do jeito que elas são, e é algo muito sério, que além de acabar com o psicológico do amiguinho, pode até acabar ocorrendo um su1c1d10. As escolas deveriam fazer mais palestras e projetos assim. Que todas as pessoas possam se conscientizar

  3. assunto de extrema importância a ser tratada com os adolescentes e jovens! pois levar o conhecimento das consequências que o bullying causam na vida das pessoas pode levar muitas pessoas a repensar suas atitudes e também muitos que passam por isso buscar ajuda e denunciar o que está passando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nos envie uma mensagem