Hydro
DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow

Barcarena sedia I Fórum para discutir impactos de projetos industriais na região

A mobilização deu-se devido as comunidades ribeirinhas alegarem problemas socioambientais, falta de informações e falta de programas compensatórios.

O Movimento Social de Ribeirinhos do Pará e Regiões do Alto e Baixo Rio Tocantins promoveu um fórum para discutir problemas ambientais, econômicos e sociais, supostamente causados por grandes projetos industriais instalados na região.

Fotos: Portal Barcarena

No encontro realizado no último sábado (14), os líderes comunitários pediram mais investimentos em infraestrutura, saúde e educação para quem mora em áreas afetadas. Segundo eles, projetos já instalados, como distritos portuários e a Usina Hidrelétrica de Tucuruí, estão impactando negativamente a rotina nas comunidades, que por sua vez, não estão sendo devidamente compensadas por isso.

Além da presença de movimentos sociais das cidades da região do Baixo Tocantins, o fórum contou com a participação de políticos e advogados que estiveram presentes no Sindicato dos Trabalhadores (as) Rurais de Barcarena.

“As reinvindicações não são contra os projetos industriais e sim a favor de uma compensação justa para a população atingida. A exploração dos nossos recursos naturais, não devem atender somente aos interesses de fora do estado do Pará. É um protesto, que tem a intenção de mediar a situação, fazer com que essas comunidades sejam devidamente compensadas”, pontuou o ex-deputado Arnaldo Jordy ao Portal Barcarena.

As discussões sobre essas grandes obras, ficam cada vez mais acirradas a medida em que os projetos são implantados. Um novo debate já se inicia em torno do projeto da Cargill em Abaetetuba, da Hidrovia Araguaia Tocantins no alto e baixo Rio Tocantins, e o projeto da Dragagem dos Canais Quiriri e Espardate nas proximidades de Vila do Conde.

Segundo as lideranças ribeirinhas, estes projetos não apresentam propostas para a melhoria das condições de vida dos atingidos. Alegam não ter acesso a água e até mesmo, energia elétrica e já acionaram os Ministério Público Estadual e Federal, solicitando que empresas cumpram as determinações e indenizem as comunidades atingidas.

Por: Portal Barcarena – Edinei Campos

Hydro

Compartilhe:

Governo do Estado 1
Hydro
New Fortress
Governo do Estado 2
ASF
Dm Benefícios
Governo do Estado 3
Búfalo Brasil
DM Benefícios
Murucupi
previous arrow
next arrow

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nos envie uma mensagem