DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
Governo do Estado
previous arrow
next arrow

Comitiva da China que visitou Barcarena tem interesse em implantar projeto de biofertilizantes na região

A Comitiva Precursora da Rota da Seda Marítima na Amazônia busca aprofundar as relações de cooperação e intercâmbio entre o Brasil e a China, com vistas a possíveis parcerias econômicas no futuro.

Na última quinta-feira, 29 de fevereiro, Barcarena recebeu com pompa e circunstância a Comitiva Precursora da Rota da Seda Marítima na Amazônia, em uma jornada que tem o objetivo de fortalecer os laços comerciais entre o Brasil e a China. O evento, que contou com a presença do prefeito Renato Ogawa, da vice-prefeita Cristina Vilaça e secretários, foi marcado por visitas estratégicas a diversas localidades, incluindo equipamentos públicos e empresas locais, ressaltando as potencialidades do município para futuras colaborações.

O roteiro de visitas em Barcarena faz parte de uma programação extensa da Comitiva, que desembarcou no Brasil em 24 de fevereiro e permanecerá até 13 de março de 2024. O objetivo central é aprofundar as relações de cooperação e intercâmbio entre as duas nações, com vistas a possíveis parcerias econômicas no futuro.

Marco Mendes, secretário municipal de Indústria, Comércio e Tecnologia, expressou otimismo com as perspectivas de novas parcerias. Isso é importante para Barcarena, porque teríamos uma rota direta com um dos maiores portos do mundo, em termos de tecnologia”, afirmou o secretário, que já teve experiências na China em 2023.

O diálogo entre Pará e China começou em 2017, com profissionais da Codec e da Zhuhai Sino-Lac Supply Chain Co. Ltd, buscando fortalecer as relações comerciais entre os mercados chinês e o paraense. A Sino-Lac tem interesse em ampliar sua atuação na América Latina por meio de negócios, informações e cooperação de mercado, proporcionando ao Pará um corredor logístico para exportação.

Lutfala Bitar, presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), ressaltou a importância desses diálogos. “A China é o principal parceiro comercial do Brasil, e não podemos deixar de vislumbrar boas perspectivas no relacionamento com o setor produtivo chinês. A visita da Comitiva Precursora e da Sino-Lac visa estabelecer um estreitamento ainda maior na relação com o Pará”, frisou Bitar.

Com informações da Agência Pará

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nos envie uma mensagem

Governo do Estado
DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow