Hydro
DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow

EXCLUSIVO: Santos Brasil se manifesta sobre situação no porto de Vila do Conde

A empresa foi denunciada por empresários em reportagem do Jornal Diário do Pará

O porto de Vila do Conde, em Barcarena, vive um caos há mais de 15 dias, segundo reportagem publicada na edição de domingo (11). A responsável, segundo matéria, é a empresa administradora do porto, a Santos Brasil.

Foto: Divulgação

A denúncia foi feita anonimamente por empresários e a principal delas é a demora excessiva na movimentação de cargas que entram e saem do estado através do porto, o maior em operação no Pará. Segundo a reportagem, essa demora tem deixando inúmeros importadores e exportadores “na mão”.

Segundo o Diário do Pará, empresas de grande porte têm manifestado interesse de suspender suas operações de importação e exportação através do Porto de Vila do Conde, por conta dos inúmeros prejuízos econômicos que vêm sofrendo em razão dos problemas, que são recorrentes.

Nesta terça-feira (13), o Portal Barcarena ouviu com exclusividade a Santos Brasil. Aliás, a reportagem publicada domingo não apresenta manifestação da empresa, através de sua Assessoria de Comunicação, que nega ter sido procurada nos canais de imprensa de seu site.

Em nota encaminhada ao Portal Barcarena pela Assessoria de Comunicação, a Santos Brasil reconhece as dificuldades no Porto de Vila do Conde, mas esclarece que está adotando todas as medidas possíveis para que o terminal retome seu padrão de produtividade. A previsão, segundo a empresa, é de que o nível de serviço cresça já nas próximas semanas e que a situação se normalize a partir do início de outubro.

Entre as medidas emergenciais adotadas, segundo a nota, estão a locação de duas Reach Stakers (utilizadas para a movimentação de contêineres) – a primeira entrará em operação no próximo dia 14/9 e a segunda, no próximo dia 29/9; e a transferência de uma terceira Reach Staker de outra unidade da empresa, equipamento que iniciará sua operação em 20/10.

A Santos Brasil diz ainda que também deslocou uma equipe de manutenção de seu terminal em Santos para agilizar eventuais reparações que se façam necessárias.

A empresa também esclarece que esse período de baixa produtividade é eflexo do uso emergencial dos equipamentos fora das condições ideais, em função dos trabalhos de recomposição do piso do terminal, associado ao aumento da demanda de contêineres vazios. “Essa soma de fatores exigiu que os equipamentos fossem utilizados diuturnamente e em condições extremas, em área de piso irregular, reduzindo a sua disponibilidade para 50% do ideal”, diz a Assessoria de Comunicação.

A Santos Brasil informa ainda que já aprovou investimentos da ordem de R$ 120 milhões para iniciar ainda neste ano um novo cliclo de investimentos no Tecon Vila do Conde, que aumentará em quase 40% a capacidade do terminal, dos atuais 217 mil TEUs/ano para 300 mil TEUs/ano em 2025.

Hydro

Compartilhe:

Governo do Estado 1
Hydro
New Fortress
Governo do Estado 2
ASF
Dm Benefícios
Governo do Estado 3
Búfalo Brasil
DM Benefícios
Murucupi
previous arrow
next arrow

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nos envie uma mensagem