DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow

Governo destina R$ 2,6 bilhões em investimentos nos corredores do Arco Norte para o escoamento da safra de grãos

Plano Nacional destaca as medidas planejadas para impulsionar os principais corredores logísticos do país em 2024.

O Governo Federal anunciou nesta terça-feira (6) as ações prioritárias para o escoamento da safra de grãos 2023/2024, em coletiva à imprensa na sede do Ministério dos Transportes, em Brasília (DF). Os ministros Silvio Costa Filho, Renan Filho e Carlos Fávaro destacaram os avanços no último ano e as medidas planejadas para impulsionar os principais corredores logísticos do país.

O Plano, intitulado “Abrindo Caminhos para o Brasil Avançar”, destina R$ 4,7 bilhões em recursos públicos para investimentos em ferrovias e rodovias nos corredores do agronegócio, visando reduzir custos de transporte e aumentar a competitividade do setor. Do montante total, R$ 2,6 bilhões serão destinados ao Arco Norte, uma região estratégica para o escoamento da produção agrícola brasileira.

Renan Filho, ministro dos Transportes, ressaltou a importância dos investimentos para a melhoria da malha rodoviária e a conclusão de obras estruturantes nos corredores do agronegócio. Ele destacou que, desde 2023, houve um aumento nas exportações e importações, o que demonstra o impacto positivo das obras na economia do país.

O Arco Norte, que compreende os portos localizados acima do Paralelo 16° S, receberá significativos investimentos para o escoamento da safra. No último ano, foram realizadas obras de duplicação, implantação e adequação em rodovias estratégicas como a BR-163/PA, BR-155/158/PA, BR-316/PA, BR-364/RO e BR-153/TO. Além disso, a conclusão da Ferrovia Norte-Sul, em 2023, impulsionará ainda mais o transporte de grãos na região, com uma previsão de movimentação de 6,5 milhões de toneladas em 2024.

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, enfatizou o potencial das hidrovias para o escoamento da produção brasileira. Com um investimento previsto de R$ 639 milhões em portos e hidrovias em 2024, o governo busca aumentar a navegabilidade das vias fluviais, reduzindo custos operacionais e contribuindo para uma logística mais sustentável.

Com a ampliação da participação dos corredores do Arco Norte nas exportações nos últimos anos, estima-se um fluxo de aproximadamente 56 milhões de toneladas de grãos. O objetivo do Ministério dos Transportes é elevar o índice de condição da malha rodoviária para 90% no Arco Norte e 80% no Sul/Sudeste até o final deste ano.

Fonte: Ministério dos Transportes

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nos envie uma mensagem

DM Benefícios
Slide
Slide
Slide
Slide
Murucupi
previous arrow
next arrow